Terça-feira, 15 de Junho de 2004

Noite

NoiteaDia.jpg


Anoitece em tons vibrantes
prenuncio de noite fria
e geada densa.


Sombras azul-róseo -amarelo-lilás
deambulam pelos vértices da anima
estancando o tempo - como se isto
fosse possível - fora dos sonhos...


Seus ponteiros em triangulação indócil
agasalham-se na sintonia afinada
de pernas e braços


encaixe perfeito
           aquecendo versos  não acabados...


Andréa Motta

publicado por Andrea Motta às 19:21
link do post | comentar | favorito
49 comentários:
De LetrasAoAcaso a 16 de Junho de 2004 às 22:39
O que te aconteceu, Andréa?
Hoje não colocaste nada?
Triste?
Em busca de ti?
O poema é belo.

Beijinhos.
De Romasi a 16 de Junho de 2004 às 22:07
Andréa a poesia está no ar e incendeia os nossos corações. Só por saber que tanta alma aprecia a poesia já fico mais aliviado da minha dor. Será porque os governos não dão esperança ao povo? Será porque cada vez mais falta de amor e carinho...E até um poema inacabado é apreciado e tem valor. Os nossos povos estão acordando e desejando serem felizes. Estou certo que é mais uma questão de cultura. No Brasil apreciam e muito a poesia. Portugal está a despertar! Não viste a felicidade da nossa amiga Lara.
Sejamos felizes
Bjs Rogério S.(romasi)
De L a 16 de Junho de 2004 às 22:03
Andréa!! Gosto muito dos teus poemas,
este me lembra o sul..Quase vi Porto Alegre
com o mesmo céu.. e uma imensa geada!!
Deve ser impressão..
Gosto de versos inacabados tb..
bjs, bjs..
De Tim Bora a 16 de Junho de 2004 às 21:58
Anoitece sempre fora dos sonhos, os ponteiros podem parar, mas não o tempo.
De Andra a 16 de Junho de 2004 às 21:40
Para Carlos A.Silva: Muito obrigada pela visita e por tão gentis palavras :)
De Andra a 16 de Junho de 2004 às 21:39
Ricardo Mainieri: Já lhe disse hoje que lhe adoro?? ;) Sempre dando a exata interprestação a tudo que escrevo...Mil beijinhos.
De Andra a 16 de Junho de 2004 às 21:37
Para Lisieux: Oi mocinha..já tenho saudades, viu!Não se canse demais com a mudança e volte logo :)).beijinhos
De Carlos A. Silva a 16 de Junho de 2004 às 18:11
Belo blog. Bons textos, belas fotos e bonita música. Parabéns.
De Ricardo Mainieri a 16 de Junho de 2004 às 18:03
Andréa :

Poema delicadamente sensual.

A Natureza servindo de cenário para a fantasia amorosa.

Muito gostoso de ler.

Beijão.

Ricardo Mainieri
De lisieux a 16 de Junho de 2004 às 15:36
Guria... até que enfim achei um tempinho para te ler. E, como sempre, vi que vale a pena!
Tadinho de quem te manda lavar pratos... faças isso não, porque tua mão pode congelar e nos deixas sem teus lindos poemas.
Volto logo, espero. Devo me mudar até o findi.Beijocas grandes.
lis

Comentar post

.mais sobre mim

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds