Domingo, 27 de Junho de 2004

Rabularia

observadora.jpg


Cantei encantos e desilusões,
como indestrutíveis verdades,
    (ainda que só minhas fossem)
cada peça formava uma identidade maior.


Chorei sentimentos mutantes,
na dispnéia dei  à luz a apetites loucos
expostos em tecido rubro-branco-azul.


Li e reli a textura do corpo,
todos os parágrafos e pontos da lingua
trêmula nua em frenética aventura
pela epiderme dos lábios.


Sonhei um horizonte tatuado
nas pétalas que te revelam
pintura dum mar ausente
alimento distante e presente
nas curvas da minha alma


Fui represa de sonhos passivos,
hoje despertei enluarada.
Sem trégüa, tenho o vento
zunindo ao meu ouvido.


Exigindo que minha voz dedilhe
e transforme numa fração de segundos,
argumentos adormecidos e inexperientes traços
em rebeldes paisagens de ficção e realidade.


Silente acrobata lanço essências
versejo com imprecisas rimas
Sorrio...
    o choro incontido
       o sentido implícito do desejo
          a variante volatil da verdade


                       Finjo que provo e concluo
                                 rabulices e nada mais....


Andréa Motta
27/06/04

publicado por Andrea Motta às 20:45
link do post | comentar | favorito
31 comentários:
De Tim Bora a 28 de Junho de 2004 às 22:17
Quem não passou já por um momento assim? Se não passou, passará. Só assim se conhece o verdadeiro significado da felicidade... E ela voltará. Cheer up! Bjoca.
De Andra a 28 de Junho de 2004 às 20:49
Para Eca: Bom que voltaste :)) Vê já estou sorrindo. Obrigada meu querido amigo. Beijos com carinho
De Andra a 28 de Junho de 2004 às 20:47
Para Anjo do Sol: Querida, obrigada pelo seu carinho. Entendi o e-mail sim :)) Beijos.
De eca wireless a 28 de Junho de 2004 às 19:41
Cara amiga Andrea. O teu post está lindo e de todo o contexto, acho que está somente será a tua verdade, pois existem momentos em que não estamos assim tão bem. E não importa a razão, importa o sentimento e como dar a "volta", da minha experiencia de vida aquilo que te posso transmitir é: Sorri para o mundo, este sorrirá para ti, deixando a paz, o contentamento. desculpa a minha ausencia, estou muito atrapalhado nesta altura. Bjocas.
De Anjo do Sol a 28 de Junho de 2004 às 19:05
Não gosto de te sentir desanimada assim, Andréa.
Há dias e dias, eu sei; e há dias em que não é fácil suportar o peso da vida, dos sonhos perdidos, da desesperança. Mas, há os outros que nos mostram quantos sonhos temos ainda para realizar, fazendo com que o sol nos aqueça o corpo e o coração; e a lua brilhe de forma diferente. :) Bjinhos (ps: fico, então, a aguardar o mail; só espero que tenhas entendido o que escrevi no que te enviei) Bjitos
De Andra a 28 de Junho de 2004 às 18:12
Para Lia: é bom saber que o que escrevemos encontra reflexo em outras pessoas. Obrigada querida. Beijos com carinho.
De Lia a 28 de Junho de 2004 às 14:53
Andréa, minha amiga, traduziste-me sem o saber. Fotografaste-me para além da alma com o teu Rabularia. Cores, texturas e o que me vai por dentro. E, acrescento, gostei muito do resultado.Beijinhos especiais pra ti por tal maestria.
De Andra a 28 de Junho de 2004 às 13:39
Para Graças: Obrigada querida, pelas visitas e pelo amabilissimo comentário. Beijos.
De Graas a 28 de Junho de 2004 às 13:25
O poema? Belíssimo. O blog? Tão convidativo à leitura como me pareceu da primeira vez.
De Andra a 28 de Junho de 2004 às 12:41
Para LE.: Sorrio ... Obrigada :))Beijo

Comentar post

.mais sobre mim

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds