Domingo, 28 de Março de 2004

Reflexão

monjolo1.JPG


A mensagem é de um amigo - Manuel Neves


Trago-a como um momento de reflexão :


"Poucas vezes fiquei assim em minha vida...perdido das palavras e dos significados, perdido das razões e das crenças, perdido até do sentir das emoções da vida que nos fazem bater forte o coração....perdido do mundo...e perdido de mim. 


A poesia não existe como forma rigorosa e metódica de comunicação, não existe como máquina perfeita e oleada, não existe como tempo calculado e medido, nem como corpo sem alma e coração.


 


A poesia somos cada um de nós que lança seu grito ao mundo, que jorra seu sangue fervendo pelas encostas íngremes da vida, que sente e se agita a cada momento como se fosse esse o primeiro ou último, tem a força inesgotável dum Deus de esperança, tem a beleza inigualável duma musa, tem todo calor do sol e do universo, e ao mesmo tempo tem a dor maior de seguir em frente continuando a sentir, sem vacilar, podendo morrer e ressuscitar, ou viver e se crucificar...mas seguindo em frente com suas novas formas, novas vestes, nova sabedoria, nova...sempre nova vida. ...(omissis)" - Manuel Neves


 

publicado por Andrea Motta às 05:12
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Ltus a 29 de Março de 2004 às 03:56
Muito bem dito ... não há regras ... há sim sentir e partilhar ... é um amigo especial esse... Beijokas ***
De abstracto a 29 de Março de 2004 às 02:52
adicionei aos meus links. parabéns pela poesia.
De Dequinh@ a 29 de Março de 2004 às 00:25
Adorei a sua visita, xará! Obrigada e volte sempre. Adoro vir aqui, pois me sinto curiosamente em paz... muito boa essa sensação... conseguida pelo clima de harmonia que há aqui, pela música que acalma, pela imagem tão tranqüila e bucólica e pelo seu carinho. Me sinto abraçada. Conforta. Que coisa boa! Obrigada, viu! Bjos.
De graa a 28 de Março de 2004 às 22:55
Concordo com tudo,pois também escrevo poesia e sinto-me assim imensas vezes,lindo,graça
De Cris a 28 de Março de 2004 às 19:09
Ah,minha querida Andrea!A poesia é isso mesmo!"A poesia somos cada um de nós que lança seu grito ao mundo"
Que todos leiam, com os olhos da alma, essa reflexão!
Beijo doce,Cris
De tass a 28 de Março de 2004 às 16:20
adorei este blog, já agora, gostava só de recomendar um outro bom blog, recente,trata-se do www.cin7ma.blogspot.com tem críticas dos filmes, votaçoes e podem interagir com os críticos da página, descobri hoje e achei optimo, aliás, já adicionei aos meus favoritos abraços!
De encandescente a 28 de Março de 2004 às 16:18
Vi o teu site, jardim de poesia, perdi-me por lá no meio das palavras. gostei muito andrea.

Comentar post

.mais sobre mim

.RAGNARÖK

Clique na imagem

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Minha Canção


Tua Canção
Música e Voz – Lara Santos
Letra Andréa Motta

on-line
blogs SAPO

.subscrever feeds