Domingo, 4 de Abril de 2004

Azul

Vannveien3.JPG


É janeiro, verão, época em que o sol brilha com intensidade e o céu adquire a tonalidade sorridente de um azul leve. Hoje, no entanto o dia acordou um pouco diferente, não menos belo, mas diferente. O céu tem aquela tonalidade profunda do azul invernal dando a impressão de um quadro pincelado a óleo, onde árvores, edifícios, tudo enfim, é engolido e só resta o azul, meio a uma descomunal sinfonia de pássaros gorjeando.


 


O cenário me faz lembrar, por alguns segundos, de um tempo distante escondido num canto qualquer da memória; uma passagem por um campo de concentração hoje coberto por girassóis, como se fosse possível o amarelo escamotear a dor daquela terra putrefeita. Esta visão é consumida pelo veloz vai e vem de carros na avenida e o cenário invadido pelo cheiro de borracha queimada que exala do asfalto. Mas ainda assim, na tela natural sobressai-se a profundidade do azul.


 


Nem mesmo o caminhar apressado das pessoas altera o panorama... nem poderia. Elas sequer dão conta das flores que germinam nos canteiros centrais; como poderiam perceber os mistérios do azul? Não vêem nada, não sentem nada além da cor de seus próprios umbigos.Como perceberiam, na magnitude do azul, crianças de olhar faminto sentadas na sarjeta a espera de um pedaço de pão, de um afago...


 


Aos poucos o azul ganha a tonalidade superficial do verão e a introspecção  humana invade a tela.


 


Andréa Motta


 

publicado por Andrea Motta às 03:29
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Andra Motta a 4 de Abril de 2004 às 21:41
Ricardo: Teu bilhete está na mão...risos.
De encandescente a 4 de Abril de 2004 às 18:20
Concordo ctg. O Homem não é tão erectus assim. A posição mais comum é curvado sobre o seu proprio umbigo.Uma vénia, poetisa:)**Parabéns
De ricardo a 4 de Abril de 2004 às 15:19
um bilhete de época para uma fila bem colocada, não queria lateral nem muito chegado à frente, queria contemplar o ecrãn... tem?
De lisieux a 4 de Abril de 2004 às 05:03
Oi, guria!
Ficou muito legal! E a figura combinou direitinho!
ADOREI!
AH... li o conto... tá Bárbaro! E sabe? Penso igualzinho a vc! risos
Enfim... voto nele! :o))
Beijocas
lis
De Dequinh@ a 4 de Abril de 2004 às 04:49
Bom demais vir aqui neste paraíso e me deixar invadir com este azul sereno e límpido... que ele invada cada poro meu e diminua a minha solidão. Beijos e bom findi, querida. Saudades.
Já a linkei em meu cantinho, finalmente. Bom tb estar linkadinha aqui!
De Ltus a 4 de Abril de 2004 às 04:00
Adorei o texto ... a música ... a pintura ... tudo se conjuga e cria uma atmosfera única .. lindo! ... beijos ***

Comentar post

.mais sobre mim

.RAGNARÖK

Clique na imagem

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Minha Canção


Tua Canção
Música e Voz – Lara Santos
Letra Andréa Motta

on-line
blogs SAPO

.subscrever feeds