Segunda-feira, 19 de Abril de 2004

Menestrel da Solidão

nudes_in_nature___glen_r_johnson.jpg



  • Nudes in nature (imagem de Glen r. Johnson)

Sigo em peregrinação as batidas do tempo
atrás ficam pálidos inimigos
ocultos em fragrâncias exóticas

Na face marcada
risos e lágrimas
causa e efeito
de sonhos desfeitos

Sem medo, como menestrel
deixo vibrar o coração
nas cordas da solidão.

Andréa Motta
09/09/03

publicado por Andrea Motta às 13:15
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Andra a 22 de Abril de 2004 às 22:24
To baby : O Ric é uma pessoa maravilhosa, um poeta social excepcional. Aos poucos irei trazendo trabalhos dele para cá.. vale a pena sempre lê-lo .
De MJM a 22 de Abril de 2004 às 17:24
Q bom ter amigos como o Ricardo Mainieri, q tão bem te soube rever nos versos do Drummond. Tb concordo contigo, mas de si próprio, é sempre mt mais produtiva do q o estar-se acompanhado, mas em grande solidão...
De Andra a 20 de Abril de 2004 às 20:45
To Ric Mainieri: Querido, esta solidão acompanhada de si próprio é sempre produtiva. Um sorriso largo e muitos beijos :))
De Ricardo Mainieri a 20 de Abril de 2004 às 18:17
O grande escritor Roberto Drummond, disse, pela boca de seus personagens, o seguinte :
"e ele dedilhou seu corpo de mulher, arrancando suspiros abafados...". Lindo isso.

A solidão é um sentimento universal. Mesmo acompanhado,por vezes, estamos sós. E escrevemos belos poemas, como este.

Beijão.

Ricardo Mainieri
De Andra Motta a 20 de Abril de 2004 às 01:10
Obrigada Jorge, vc. é sempre muito gentil. Beijo. Andréa.
De jorgebond a 19 de Abril de 2004 às 15:27
Divino, gostei muito, boa semana, jokas.
De Andra Motta a 19 de Abril de 2004 às 14:32
To 100chave: Tens razão.. nada é eterno e viver é um constante renascer. Obrigada pela visita :) Andréa.
De 100chave a 19 de Abril de 2004 às 14:03
É preciso despir as angústias e seguir em frente!
Como costumo dizer: "Nada dura sempre; nem sequer a dor."
Jinhos,

Comentar post

.mais sobre mim

.RAGNARÖK

Clique na imagem

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Minha Canção


Tua Canção
Música e Voz – Lara Santos
Letra Andréa Motta

on-line
blogs SAPO

.subscrever feeds