Quinta-feira, 13 de Maio de 2004

Interregno

meu-exilio1.JPG



  • imagem autor desconhecido - retrabalhada.

Se a verdade exila,
     de que negro vale,
           r
            a
              s
                g
                  o
                      o verde
ao cumprir os mandamentos
                  da mente?


O que compromete
           ou
              alternativamente
                            inverte
                o riso amedrontado
                            no dia seguinte ?


Ilações,
 meras ilações
    quadriculadas
      atravessam-me
        meio-inteira
         os intervalos epidermicos...


                A
                  o
                    r
                     t
                      e
                        c
                          t
                           a
                             s
                               i
                                a
                                    intemperante....



Andréa Motta
12/05/04

publicado por Andrea Motta às 02:36
link do post | comentar | favorito
|
36 comentários:
De Andra a 14 de Maio de 2004 às 02:07
Para Abstracto: Espero que por um período curto, sinto falta de você aqui no meu jardim :) Beijos
De Andra a 14 de Maio de 2004 às 02:04
Para Lara: Obrigada querida. Boa noite a você. Beijos
De TCA a 14 de Maio de 2004 às 02:01
eu de interregno forçado. parabens.
De Lara a 14 de Maio de 2004 às 01:51
Lindo poema Andréa.A luz desta imagem é lindissima também.É uma das imagens mais bonitas que tenho visto em blogs na minha opinião.Os meus parabéns...
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:14
Para Zé Figueira: Obrigada pela visita e pelo carinho de suas palavras. :)beijos
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:13
Para Tiago: Olha só quem apareceu...senti sua ausência ...rs ;).. claro que entende..tenho certeza...risos. Beijão
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:11
Para Maria: Obrigada querida :) Beijos
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:09
Para Eliane Alacntara: Sorrio largamente..obrigada pela ternura. Beijos :))
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:07
Para Luis: A mim emocionam suas palavras. Obrigada :))Beijos
De Andra a 13 de Maio de 2004 às 20:04
Para Romasi:
Meu querdo poeta. Obrigada pelas palavras, eu é quem devo agrdecer seu incentivo. Lindissima sua poesia fico emocionada em ter a honra de te-la publicada em primeira mão em meu jardim... florescerá junto a elas ainda outras palavras sentidas e doces. Beijo-te meu amigo.

Comentar post

.mais sobre mim

.RAGNARÖK

Clique na imagem

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Minha Canção


Tua Canção
Música e Voz – Lara Santos
Letra Andréa Motta

on-line
blogs SAPO

.subscrever feeds