Sexta-feira, 18 de Junho de 2004

Apenas

papiro1.gif



  • imagem retirada da Web

Um texto
        sem arte
    rabiscado a sal


Onde o inverso
          é o reflexo
      circunspecto do verso


Apenas um texto
           úmido e vazio
                          de significados


expressa neste exato momento
a sina  recusada
           a birra que desatina
                       a claustrofobia
                                      embolorada


O conflitos interiores
                  e os sonhos
                          lancetados
                                      sem anestesia!


Apenas um
             texto
                sem memórias
                          sobrevive
                                   desta confusão mental.


Andréa Motta
17.06.04

publicado por Andrea Motta às 00:21
link do post | comentar | favorito
|
36 comentários:
De Andra a 19 de Junho de 2004 às 01:10
Para Tim Bora : É sim querido ;) Beijoquinhas com carinho.
De Andra a 19 de Junho de 2004 às 01:09
Para Aran Aran : Muito obrigada pela visita, volte sempre :))Beijinhos.
De Andra a 19 de Junho de 2004 às 01:08
Para LE.: É exatamente isto..:)). Obrigada pelas palavras. Beijos
De Tim Bora a 18 de Junho de 2004 às 22:42
Um texto é um texto, mesmo que, aparentemente, não haja nada nele. Bjoca.
De Aran_aran a 18 de Junho de 2004 às 21:11
Gostei... beijinhos
De LE. a 18 de Junho de 2004 às 19:41
É um poema tão intenso quanto os sentimentos que se desprendem de um pergaminho, restos de pele curtida, em tempos acariciado por mão humana, com vida.
Gosto desta nostálgia, deste embalar suave.
Um abraço, Andréa.
De Andra a 18 de Junho de 2004 às 18:02
Para ccc: Fizeste-me rir.. ;) Beijos e bom final de semana.
De Andra a 18 de Junho de 2004 às 18:01
Para Friendly Soul: Também espero de verdade, que todas a verdade/inverdade ..não passem de uma grande confusão mental :) Obrigada por tudo. Beijo
De Andra a 18 de Junho de 2004 às 17:59
Para Maria Angélica: Muito obrigada pela visita e gentil comentário. Até breve. Beijos
De Andra a 18 de Junho de 2004 às 17:58
Para Yardbird: Obrigada meu anjo. Beijinhos :)

Comentar post

.mais sobre mim

.RAGNARÖK

Clique na imagem

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Natal 2010

. Trova!

. Signa

. Violações

. Nudez

. 2009!

. Poema de Natal

. 25 de novembro dia intern...

. Incorporiedade

. Ação de Incentivo à Leitu...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Novembro 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.Minha Canção


Tua Canção
Música e Voz – Lara Santos
Letra Andréa Motta

on-line
blogs SAPO

.subscrever feeds